Inicio » Blog » A gestão de auditorias em ISO/TS

A norma ISO/TS 16949 está intimamente relacionada com a norma ISO 9001, de gestão da qualidade, é simplesmente uma especificação técnica. O objetivo da ISO/TS é claro, se trata da mesma norma tradicional com a inclusão de diferentes aspetos técnicos do setor automotivo.

Em qualquer sistema de gestão de qualidade, o processo de auditorias internas é fundamental para poder definir os aspetos que a empresa devera trabalhar, com vistas a atingir a certificação ou a re-certificação segundo a norma, e em segundo lugar, para conseguir o objetivo que qualquer empresa que possui um sistema de gestão implantado persegue: a melhoria continua e tratar de encontrar e identificar pontos fortes e débeis e áreas de melhoria na adequação das instalações, os processos produtivos e no próprio sistema de gestão da qualidade.

No caso da ISO/TS, as auditorias internas vão focalizar-se em aspetos que talvez não eram tão importantes no caso da ISO 9001.A gestão de auditorias em ISO/TS Sempre é positivo recordar o campo afetado pela ISO/TS, onde a segurança é fundamental e onde qualquer falha poderia acarrear consequências muito graves, desde o ponto de vista da seguridade e da economia. É por isso que é preciso enfatizar o aspecto da formação e o treinamento dos colaboradores da empresa, devido a que a norma estabelece especificamente que os colaboradores devem estar corretamente dos efeitos que a sua formação podem provocar nos objetivos de qualidade e na própria organização, atingindo não somente um correto conhecimento da matéria, o objetivo agora deve ser atingir uma plena competência dos colaboradores no seu trabalho.

Com a finalidade de melhorar a percepção do cliente (neste caso podem ser fabricantes de veículos, fabricantes de peças mais complexas que precisem peças mais simples, como um motor ou qualquer empresa que precise dos elementos produzidos pela nossa empresa) e a qualidade do serviço ofertado, vai ser prioritário que o auditor interno focalize os seus esforços nas atividades e nos processos mais importantes para a satisfação do cliente.

A gestão de auditorias em ISO/TSSerá indispensável dispor de um plano de gestão corretamente definido e estabelecido das auditorias, internas e externas, de manheira que fique refletido um calendário com o objetivo de que a totalidade do pessoal saiba quando serão as auditorias. A direção devera estabelecer e proporcionar os recursos necessários, mostrando ademais uma completa implicação no processo. Mesmo se é certo que a auditoria interna vai priorizar os processos intimamente relacionados com a satisfação do cliente, todos os processos deverão ser controlados e auditados. A IATF (International Automotive Task Force) tem um manual onde assessoram no dimensionamento das auditorias. A existência de controlos estadísticos colabora com o correto funcionamento do processo, prevenindo possíveis falhas, e é por isso que é aconselhável revisar e auditar estes modelos.

Além de para controlar o correto funcionamento do processo produtivo, das instalações, dos equipes, do treinamento dos trabalhadores… as auditorias internas colaboram na preparação das auditorias externas, fundamentais para atingir uma certificação. Todos os problemas detectados no processo podem-se solucionar para evitar a ocorrência de não conformidades frente ao auditor externo e conseguir superar a etapa com sucesso.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL