Inicio » Blog » “A Medição do Ambiente de Trabalho

Vimos em outros artigos como o ambiente de trabalho influencia diretamente em aspectos essenciais da organização como a produtividade, vendas e custos.

Apesar de que, normalmente, mediante uma boa liderança e uma gestão de pessoas adequada, e em muitos casos adequada à pessoa em variáveis como a retribuição, se obtém como resultado um ambiente de trabalho adequado, é de suma importância a sua medição mediante métodos padronizados para que se possa controlá-lo e acompanhar sua evolução de forma coerente e sistemática.

Para a medição do ambiente de trabalho costuma-se utilizar três métodos. Independentemente de qual selecionemos, é importante que seja realizado por um especialista.

Business themed collage

Observação Direta: este método possui a vantagem de que se costuma levar em consideração uma grande quantidade de variáveis com a finalidade de se ter uma visão mais precisa, não somente do próprio ambiente de trabalho, mas também das pessoas que compõe a organização. As desvantagens que apresenta são o elevado tempo que se requer para sua utilização e a necessidade de um especialista qualificado que o realize e, portanto, a presença de um “estranho” na organização, o que costuma causar incômodo e alterar resultados.

A Entrevista Pessoal: embora seja mais rápida e a demanda de tempo seja menor, obtendo quase as mesmas vantagens se comparado ao modelo de Observação Direta, apresenta o mesmo problema, a presença de um entrevistador que, inconscientemente irá interferir nos resultados.

Questionário Individual: geralmente é o método mais utilizado para a medição do ambiente de trabalho, embora costume ser completado com os métodos anteriores. Suas vantagens, sobretudo com as novas tecnologias e o software de gestão de questionários, são óbvios, embora teremos que ter em conta alguns aspectos para que se obtenham resultados confiáveis.

  • Devem estar definidas por um especialista de forma particular para a organização.
  • Devem possuir em torno de 100 perguntas curtas, de marcar, com suficientes opções em escala, tratando sempre de evitar o número ímpar de respostas a selecionar se nos referimos a um nível de desempenho.
  • Devem possuir perguntas filtro ou de verificação mediante as quais se comprovará o grau de confiabilidade que se pode esperar das respostas dos questionários individuais.
  • O fato de que seja respondida deveria contar com algum incentivo.
  • Claro, devem ser anônimas.

De qualquer forma, o processo de preenchimento do questionário e medição do ambiente de trabalho deve ser contínuo na organização e, normalmente, formar parte de um sistema de gestão da qualidade, ainda que sua utilidade se justifique por si mesma, sem a necessidade de ser exigido por uma norma ISO. Para estes fins e sua medição, se utilizam softwares específicos de gestão de questionários que não somente podem ser empregados para a satisfação interna ou medição do ambiente de trabalho, mas sim, também tem uma importante função na medição da satisfação do cliente.

ISOTools coloca a sua disposição um software específico para a gestão de questionários, assim como o conhecimento necessário e o assessoramento para que estes processos, tanto de medição do ambiente de trabalho quanto da satisfação do cliente, se desenvolvam de forma eficaz, eficiente e suponha um verdadeiro valor agregado à organização, estabelecendo pontos de melhoras.

 

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL