Inicio » Blog » “Análise de interesse de mercado, parte III. A ameaça de produtos substitutos.

Neste serial sobre a análise do interesse de mercado, em base ao que Michael Porter indentificava como as cinco forças de pressão competitiva, na semana passada falávamos sobre a ameaça da entrada de novos competidores e, à anterior, sobre a rivalidade dos competidores atuais. Lembremos das forças que temos em estudo:

Marketing sales graph

  • Rivalidade entre as empresas do setor.
  • Ameaça de novos entrantes.
  • Ameaça de produtos substitutos.
  • Poder negociador dos clientes.
  • Poder negociador dos fornecedores.

No momento de identificar o interesse em investir em um novo mercado, um dos aspectos no qual não se costuma dar a devida importância é a ameaça de produtos substitutos, já que às vezes não é fácil identificá-los ao se encontrar em fases de desenvolvimento inicial.

Além disso, é muito possível que seja difícil decidir em quais setores buscar estes produtos substitutos. Imaginemos, por exemplo, o cinema. Quais setores oferecem ou podem oferecer produtos substitutos? Temos em conta o cinema como tal, ou incluímos tudo referente ao ócio? Não será simples, em casos como este, estabelecer limites de estudo, ou terminaríamos estudando todo o ócio junto à todos os setores que o integram, algo que, com toda certeza, escapará de nossas mãos, em dinheiro e tempo.

De qualquer forma, uma vez identificados os setores, há a necessidade de se valorar a ameaça, no qual sua presença certa e sua intensidade dependem de quatro fatores:

 

1.- Relação qualidade-preço comparada

A presença de produtos substitutos de fácil acesso para o consumidor e boa relação qualidade-preço, atuam como freio ao crescimento dos preços de venda dos próprios produtos, enquanto podem originar incrementos nos custos de promoção. Terá um efeito negativo evidente sobre a rentabilidade do setor.

 

2.- Rentabilidade dos setores substitutos

Quanto mais rentável sejam os setores fornecedores de produtos substitutos, maior será a probabilidade de que melhorem a sua relação qualidade-preço e tornem-se mais atrativos para o consumidor. Na medida em que isso ocorra, a ameaça proveniente dos produtos substitutos se tornará mais intensa.

Black Team

 

3.- Custos de troca

Quanto maiores (menores) sejam os custos de troca para o cliente, menor (maior) será a intensidade da ameaça, em igualdade a todo o resto.

 

4.- Propensão à substituição

Quanto maior (menor) seja a propensão à substituição, menor (maior) será a intensidade da

ameaça, em igualdade a todo o resto.

A propensão à substituição tem uma base mais psicológica que econômica, no qual sua valoração requer um estudo sistemático do consumidor.

Em função de todos estes fatores, pode-se obter um índice que, ao terminar o estudo de todas as forças determinantes do interesse do mercado, nos fornecerá um índice geral para determiná-lo, relativizando em função de cada caso concreto.

São cinco forças de estudo e cada uma com vários fatores para se levar em consideração, no qual sempre é recomendável que isto se faça com o processo mais  sistematizado possível e sob uma planificação adequada, designando tarefas às pessoas para que o tempo de estudo não seja excessivo.

ISOTools fornece às empresas as ferramentas de software e o conhecimento específico para que a estratégia, desde seu início ou incluso desde a sua implantação, tenha a oportunidade de chegar a um porto seguro.

 

http://blog.isotools.org/analisis-del-interes-de-un-mercado-iii-parte-la-amenaza-de-productos-sustitutivos/

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL