Inicio » Blog » Dinâmica de grupo

A concorrência por uma vaga no mercado de trabalho vem se tornando cada vez mais elevada, bem como o número de candidatos para os processos de seleção. Uma técnica muito usada para auxiliar na escolha do perfil adequado para determinada vaga é a dinâmica de grupos.

Quando se quer comprar um sapato, esta escolha pode se tornar uma tarefa um pouco difícil, não é mesmo? Vislumbramos muitas lojas durante alguns dias e no momento em que pensamos que encontramos o que queríamos, descobrimos que não há o nosso tamanho ou o preço é alto. Iniciamos novamente o processo e não encontrarmos o que nos satisfaz. Ao se deparar com esta situação, em geral adotamos 3 comportamentos.

creative workgroup in a meeting

1)      Compra-se um calçado maior, que começa bem, entretanto pouco tempo depois já se torna incômodo por sair do pé;

2)      Compra-se aquele calçado que é um pouco apertado, mas que inicialmente parecia ser perfeito, até o momento em que se torna incômodo;

3)      Procura-se outro calçado que atenda às necessidades, para que este dure bastante.

Com certeza, a melhor das três opções é a terceira, ainda que tarde um pouco mais para a escolha do sapato perfeito. Assim também ocorre com a seleção de candidatos em uma empresa.

As técnicas de dinâmicas de grupos são processos sistematizados de organizar e desenvolver as atividades em grupo, cujo objetivo é de avaliar a capacidade de trabalho em equipe dos candidatos. Para tanto, realiza-se jogos, brincadeiras, simulação de casos do cotidiano em equipe dentro de uma organização e uma conversa/bate-papo descontraída. Assim, o candidato demonstra suas características e pensamentos, cabendo ao profissional da empresa selecionar aquele que está apto à vaga e que possui o perfil mais adequado para o cargo.

As principais questões positivas desta técnica são a redução no tempo de seleção e a demonstração ao gestor de como o candidato agiria no ambiente de trabalho e nas situações do dia-a-dia. Uma dinâmica bem realizada pode proporcionar a descoberta de diversas características do candidato, dentre “defeitos” e virtudes, as quais poderão ser utilizadas em favor da empresa.

Pode até ser possível enganar o avaliador, entretanto mostrar características que de fato não lhe pertence não é aconselhável, pois a mentira será descoberta em um momento posterior. Segundo Sonia Marques, professora de psicologia, o grande segredo para obter sucesso em uma dinâmica é fazer uso do bom senso, do equilíbrio, da honestidade em dizer suas capacidades e o saber falar, ouvir e negociar. O candidato e possível futuro empregado não pode se mostrar muito falante ou participativo, dado que isso pode deixar a impressão de que possui um perfil autoritário, dominador e manipulador.

Entretanto, a psicóloga alerta que a quantidade de bom senso não é exclusividade somente para os candidatos. Os que organização a dinâmica também necessitam saber o motivo da aplicação da técnica e o que eles estão buscando.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL