Inicio » Blog » Gestão do CEP Como Fundamento do SEIS SIGMA

stock chart with calculator and penO Programa Seis Sigma pode ser aplicado em etapas de negócios ou em etapas de manufatura, e consiste em um conjunto de técnicas e ferramentas que possuem base em fatos e são orientadas a auxiliar um negócio a proporcionar benefícios econômicos mediante melhorias contínuas. Consiste, tecnicamente, em um programa com base em mensurações, onde a estatística é o meio principal utilizado para ajudar na tomada de decisão, e possui como finalidade aumentar o nível de qualidade das etapas até alcançarem o nível Seis Sigma, o que significa possuir uma margem de somente três erros em um milhão de vezes que se realiza uma tarefa.

O método Seis Sigma passa por uma análise preliminar de definição do problema e, posteriormente, usa as ferramentas estatísticas e de qualidade com a finalidade de converter as informações em conhecimento necessário para a solução do problema. As ferramentas estatísticas e o conhecimento técnico sempre devem ser usados integrados a uma metodologia de solução de problemas para elevar a eficácia e a eficiência.

No centro deste método se encontram dois modelos. O DMAIC (definir, medir, analisar, implementar melhorias, controlar), para processos que já existem e que estejam em um nível inferior às exigências e que necessite de melhorias adicionais. O processo DMADV (definir, medir, analisar, desenvolver, verificar) é um sistema de melhoria utilizado para desenvolver novos processos ou produtos em escalas de qualidade Seis Sigma. Também se pode empregá-lo quando um processo atual precisa de mais que apenas uma melhoria adicional.

Para ambos os processo pode-se utilizar o Controle Estatístico do Processo (CEP), que, por sua vez auxilia em diversos fatores:

  • communicationPermite analisar dados pré-coletados. Algumas das ferramentas usadas são: Histogramas, Gráfico de Pareto, Gráfico de Seqüência, Diagrama de Dispersão, Diagrama de Causa e Efeito (espinha de peixe) e 5 Porquês.
  • Coleta dos dados de forma automática ou manual e o armazenamento em banco de dados centralizado e seguro, o que permite análises posteriores mediante os aplicativos de cartas de controle, nativos da ferramenta.
  • Dados do Controle Estatístico (CEP) de Processo identificam restrições, tempos de espera e outras fontes de atraso no processo.
  • Permite encontrar variações no processo, diminuindo o desperdício e a probabilidade de que apareçam problemas posteriores.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL