Inicio » Blog » ISO 16684-1:2012, Plataforma Extensível de Metadados (XMP) Parte I: Modelo de dados, serialização e propriedades principias

Multidevice640-300x225Hoje em dia buscamos ou transformamos quase que diariamente metadados de um arquivo eletrônico. Tudo isso possível porque a plataforma extensible de metadados (XMP) forma parte de esses arquivos.

Agora a norma ISO permitirá aos usuários ter noções profundas do modelo de dados XMP para poder tirar melhor proveito deste instrumento.

XMP ou Plataforma Extensível de Metadados foi incorporado por Adobe em 2001 para a captura, conservação e intercâmbio de metadados. Se usa frequentemente nos arquitos de fotografia e PDF.

 

A plataforma de Adobe é um tipo de linguagem específica usado em arquivos eletrônicos, deixando aos usuários a possibilidade de integrar os dados (metadados) relativos a um arquivo no próprio documento.

 

A norma ISO 16684-1:2012, se centra na primeira parte da especificação XMP que Adobe System elaborou, esta oferece aos criadores do conteúdo anexar informação relevante sobre seus projetos de uma maneira fácil. É vantajoso para qualquer pessoa que deseja manejar metadados XMP, incluindo tanto aos desenvolvedores, como aos usuários finais.

 

metadatos-en-archivos-normalizados-ISO640-300x230

O diretor de engenharia de Adobe Systems, Frank Biederich comentou: “Estou muito emocionado ao ver o avanço de ISO em metadados abertos e extensíveis, após o lançamento da primeira parte da especificação XMP de Adobe como uma Norma Internacional. Olhando para o futuro, isto permitirá aos especialistas da indústria influenciar na direção de XMP e impulsionar a inovação aproveitando um ecosistema estabelecido de metadados.”

Os metadados podem incrementar de forma considerável a utilidade dos recursos nos processos de trabalho de produção colaborativos. Por exemplo, um arquivo de imagem pode conter metadados como o título do trabalho, a descrição e os direitos de propiedade intelectual.

 

O acesso aos metadados torna mais simples a realização de tarefas como exploração de imagens, localização dos títulos de imagens, ou estipulação da autorização de direitos de autor para utilizar uma imagem.

 

A norma ISO 16684-1:2012 proporciona dois componentes fundamentais dos metadados XMP: modelos de dados e serialização. Além disso, esta parte define um repertório de propriedades principais, que são os elementos de metadados XMP que se podem empregar em uma ampla gama de formatos de arquivos e domínios de uso.

metadatos-normalizados-ISO640-300x269

Em futuras partes da norma se abordará a validação formal da sintaxe de XMP e a XML para descrever os elementos de interface de usuário XMP.

Cabe acrescentar que a norma ISO 16684-1:2012 servirá como base para as ações definidas de domínio ISO, por ejemplo, ISO/TC 42, Fotografia, grupo de trabalho WG 18, Imagem de fotogradia fixa eletrônica ou ISO/TC171, Aplicações de gestão de documentos, SC 2 , Temas de aplicação, WG 5, aplicações de gestão de documentos – Temas de aplicação – PDF/A.

A forma desta Norma Internacional estimula a uma maior integração e interoperabilidade de XMP com as normas existente; garantindo a estabilidade e a longevidade de suas definições.

 

ISOTools oferece suas soluções a muitas diferentes organizações e fornece a seus usuários uma série de benefícios que fazem com que seja um produto muito eficaz e competitivo na sua categoria.

 

ISOTools, é uma Plataforma 100% Web altamente perzonalizável  com a qual pode integrar fácilmente seus Sistemas de gestão ISO e OHSAS, assim como Normas específicas segundo seu país.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL