Inicio » Blog » Nova Norma Para Smart Cities. EN 13718.

Se trata de um conjunto de normas técnicas que contêm boas práticas enfocadas ao desenho de cidades inteligentes. Cidades do futuro, mais saudáveis, inteligentes e seguras.

 

O objetivo destas normas é gerar cidades que necessitem do emprego de quantidades mínimas de recursos para seu funcionamento correto, que sejam eficientes e sustentáveis.

 

Segundo o secretário geral de ISO, Rob Steele, as cidades inteligentes devem fomentar o respeito dos direitos de seus habitantes com os quais devem trabalhar unidos.

 

São vários os motivos pelos quais estas cidade são consideradas como inteligentes. A revista ISO focus+ se centra nas que:

 

  • Usam eficientemente a energia e demais recursos.
  • São mais seguras.
  • Integram redes de comunicação fiáveis com meios de transporte eficazes.
  • Produzem menos contaminação.
  • Elaboram tratamento de águas residuais correto.

 

Em definitivo, as normas ISO sobre Cidades Inteligente impulsionam a criação de cidades melhores já que contém as diretrizes para construir uma cidade inteligente.

 

Essas normas podem ser implantadas por municípios, governos e a própria população. Requerem da colaboração de todas as partes implicadas e é acessível a todos.

 

No caso da Espanha a entidade que permite o desenvolvimento das normas ISO sobre Cidades Inteligentes é AENOR, Associação Espanhola de Normalização e Certificação, uma entidade responsável pela certificação de todas as normas técnicas do país.

 

Foi criado na Espanha um comitê de normas sobre cidades inteligentes, como fruto do convênio firmado entre AENOR e a SETSI (Secretaria de Estado de Telecomunicações do Ministério de Indústria, Turismo e Comércio).

 

Este convênio pretende fomentar e expandir a normalização de cidades inteligentes na Espanha com o objetivo de gerar um novo conceito de cidade urbana, que permita uma gestão sustentável, segura e responsável com o meio ambiente das cidades.

 

O comitê foi inaugurado dia 10 de dezembro de 2012, dia em que o Diretor Geral de AENOR, Avelino Britto, e o Secretário de Estado de Telecomunicações e para a Sociedade da Informação, Víctor Calvo-Sotelo firmaram o convênio.

 

A função do comitê de normas sobre cidades inteligentes é emitir a aposta espanhola em relação às distintas propostas sobre cidades inteligentes que formulem os integrantes do comitê internacional.

 

O comitê de normas ISO sobre cidade inteligente trabalha em normas relacionadas com:

 

  • Energia e Meio Ambiente.
  • Infraestruturas Inteligentes.
  • Governo e Mobilidade.
  • Indicadores.
  • Recursos Energéticos.
  • Etc.

 

ISOTools é uma ferramente parametrizável que pode adaptar-se a implatação e seguimento das normas ISO sobre Cidades Inteligentes.

 

O objetivo de ISOTools é assistir às empresas que implantam normas internacionais e modelos de excelência. Se trata de uma plataforma tecnológica que simplifica e dinamiza o processo de implantação e manutenção dos Sistemas de Gestão de qualquer normativa a través da automatização e integração em nuvem.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL