Inicio » Blog » UNE EN ISO 19011 – Adaptação aos novos tempos das auditorias nos sistemas de gestão.


indices-investigación-auditoria-interna640-295x300Depois de anos de espera, concretamente desde a última vers
ão realizada em 2002, temos desde menos de um ano a nova atualização em espanhol da UNE EN ISO 19011: “Diretrizes para a auditoria dos sistemas de gestão”

 

Pensamos que é importante definir o fundamento desta norma dado a relevância que cremos que possui, para, posteriormente, centrarmos nas suas diferenças e atualizações com sua versão anterior e os benefícios que se pode obter.

 

Podemos definir a UNE EN ISO 19011 como uma norma centrada na orientação sobre os princípios de auditoria, na gestão de programas de auditoria, na realização de auditorias de sistema de gestão, assim como sobre na competência dos auditores.

 

Após deixar delimitada a norma, podemos adentrar-nos em suas diferenças em relação à versão antiga, e pode-se perceber que se conseguiu ajustar aos novos tempos e à atualidade dos Sistemas de Gestão, facilitando e clareando os princípios básicos para a realização das auditorias.

A principal diferença com respeito à anterior, se encontra no âmbito da ação, dado que antes somente se estabelecia as diretrizes para a auditoria dos sistemas de qualidade e/ou ambiental, na atualidade é aplicável a todos os sistemas de gestão: qualidade, segurança alimentar, l+D+i, tecnologias da informação e segurança, etc.

norma-sobre-auditoria-interna640-300x200

O outro contraste refere-se a qual tipo de auditorias era aplicável, devido ao fato de que em sua forma anterior trabalhava em auditorias de primeira (auditorias internas), de segunda (auditorias que os clientes realizam aos seus provedores) ou de terceira (auditoria solicitada pela empresa a um organismo independente e reconhecido), enquanto agora delimitou-se seu marco de aplicação à auditorias de primeira e terceira parte.

 

À parte do especificado anteriormente, a UNE EN ISO 19011 revisou, melhorou e incluiu novidades em seu  conteúdo, os quais pode-se citar:

  • Explicação clara dos princípios em que se deve basear uma auditoria.
  • Informação para gerir um programa de auditoria.
  • Descrição da metodologia, incluindo a modalidade de auditoria em remoto, a obtenção de amostras e a análise estatística de resultados, assim como a transcrição e classificação de descobertas da auditoria.
  • Metodologia estruturada para planificar e realizar auditorias, de tipo interativas, não interativas (in situ) e remotas.
  • Orientação sobre a competência dos auditores, incorporando casos práticos para as diferentes disciplinas.
  • Avaliação das pessoas que participam no processo de auditoria.
  • Incorporação do conceito de “risco de auditoria”, já incorporado em outras normas de sistema de gestão.

 

Por último, é importante destacar algo que se pressupõe, a UNE EN ISO 19011 é aplicável a qualquer tipo de organização, de qualquer tamanho, sem importar o setor que a empresa atue, sempre e quando realizem auditorias internas ou externas de sistema de gestão.

 

auditoria-interna-normalizada-ISO640-300x207

As empresas que instauram sistemas de gestão têm nas auditorias um instrumento para sua melhora contínua, não somente porque detectam as não conformidades, mas, também, porque são capazes de reconhecer oportunidades para seu aperfeiçoamento.

 

ISOTools é uma ferramenta que permite o acesso ao auditor à toda documentação desde um mesmo lugar. Permitindo escrever o informe da auditoria na mesma ferramenta, criando as Não Conformidades indicadas pelo auditor, bem como estabelecendo uma Ação Corretora para resolver as Não Conformidades.


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL