Inicio » Blog » Validação dos Requisitos do PPAP

NBR ISO/TS 16949


O Processo de Aprobação da Peça de Produção (PPAP) é um dos componentes fundamentais dos processos de produção industrial e fundamental dentro dos requisitos da especificação técnica NBR ISO/TS 16949.

Validação dos Requisitos do PPAP

Validação dos Requisitos do PPAP

O objetivo fundamental do PPAP é determinar que todos os registos dos projetos de ingeniería e especificações do cliente se realizem com o objetivo de cumprir com as exigências do cliente e fazê-lo de maneira constante, dentro dum lote de produção real e com uma taxa estipulada. Além disso, estabelece as ferramentas para que todos os membros da organização percebam os requisitos e pratiquem com eles.

O PPAP faz parte do APQP (Planejamento Avançado da Qualidade do Produto) e estabelece que existem uma série de requisitos de obrigado cumprimento, concretamente 18:

  1. Registros de Projecto
  2. Documentos de Autorização de Alteração de Engenharia
  3. Aprovação de Engenharia do Cliente
  4. FMEA de projeto, quando a organização é responsável pelo projeto do produto
  5. Diagrama/s do Fluxo do Processo
  6. FMEA de processo
  7. Plano de Controle
  8. Estudos de Análise dos Sistemas de Medição
  9. Resultados Dimensionais
  10. Registros de Resultados de Ensaios de Material/Desempenho
  11. Estudos Iniciais do Processo
  12. Documentação de Laboratório Qualificado
  13. Relatório de Aprovação de Aparência (RAA)
  14. Amostras de Peças de Produção
  15. Amostra Padrão
  16. Auxíios de Verificação
  17. Requisitos Específicos do Cliente
  18. Certificado de Submissão de Peça (PSW)

A própria empresa é a encarregada de comprovar, antes de realizar nenhuma submissão ao cliente nem finalizar o

O PPAP na ISO/TS

O PPAP na ISO/TS

processo, que todo este dentro dos margens estabelecidos e que os requisitos exigidos pelo cliente são cumpridos.

Se o PPAP é aprovado, isso implica que todas as peças, subcomponentes, materiais… cumprem exaustivamente com os requisitos estabelecidos pelo cliente e, por tanto, a empresa esta em condições de prosseguir com a produção na escala determinada pelo cliente.

Existe a possibilidade de que o PPAP seja aprovado, mas submetido a restrições. Neste caso, a produção que se permitirá realizar será limitada e controlada em número e tempo, ademais, a empresa deverá submeter-se à aprovação dum segundo PPAP e elaborar e implantar ações preventivas.

Se o PPAP não cumpre com os requisitos do cliente, então a empresa deverá corregir o processo, mas será rejeitado.

Antes da submissão dos produtos ao cliente, o PPAP deverá ficar aprovado, com uma pessoa responsável da verificação do cumprimento de todos os requisitos, mediante o estudo de documentação e registros, analise de dados e observação de relatórios como o PSW.

O sistema garante a qualidade e o cumprimento de todos os aspetos importantes por parte do cliente em todo caso, graças ao grão número de controles que são realizados, por exemplo, a empresa deverá obter o visto de aprovação por parte do cliente, incluindo quando existam pequenas modificações, como:

  • Modificação de qualquer aspecto duma peça
  • Correção de alguma característica ou elemento errôneo
  • Mudanças na engenheira do produto, como qualquer alteração no desenho, materiais, funcionalidade…
  • Mudanças ou modificações no processo de produção

As exigências da norma ISO/TS e de cada um dos seus elementos, garante o cumprimento dos requisitos do cliente, garantindo a sua satisfação e a segurança dentro de um setor tão importante como o automotivo.

ISOTools dispõe da mais completa ferramenta do mercado para a gestão de todos e cada um dos requisitos da norma NBR ISO/TS, graças à potente Plataforma Tecnológica ISOTools.

Tags:


isotoolsmasde15
 
Solicita más información

Eu li e aceito os a
termos

[recaptcha]

AVISO LEGAL